Evitando a inadimplência na Compra do Imóvel.





Aprenda a controlar a euforia, com imóveis que não cabem no bolso!







A aquisição de um Imóvel é um grande investimento. E para fazer um bom negócio, é muito importante agir com cautela, e fugir das armadilhas oferecidas pelo mercado. Veja as dicas:

1. Antes de tudo, planeje:

Um ponto crucial para quem quer fazer um grande investimento, como a compra de um imóvel, é o planejamento financeiro. A aquisição envolve um grande montante de capital e pode durar anos, a depender do número de parcelas escolhido. Faça anotações precisas de todos os seus gastos e não dispense a ajuda de tabelas, como as do Excel, ou de aplicativos financeiros.

Os bancos disponibilizam planilhas de projeções onde é possível ter uma ideia de qual financiamento é o mais adequado à sua família. Com a compra parcelada do apartamento, a renda mensal da família estará comprometida por muito tempo. O ideal é que esta parcela não passe de 30% da renda total da família.

2. Poupe e economize:

Antes de comprar o imóvel, é preciso economizar dinheiro. Quem está querendo comprar um imóvel, deve abrir uma poupança para guardar o dinheiro o máximo que conseguir até efetivar a compra. Especialistas recomendam ter reservado em aplicações, FGTS e poupanças de investimento, ao menos 50% do valor total do imóvel para evitar que eventualidades atrapalhem o fechamento do negócio.

3. Garanta uma boa entrada, e uma reserva para a documentação:

Ao adquirir o imóvel, o comprador deve dar a maior entrada possível, para conseguir a menor taxa de juros e número de parcelas na conta. 




Falando em porcentagens, o ideal é que seja, no mínimo, 20% do valor total da propriedade.







É normal o comprador esquecer, na hora de fechar o negócio, do dinheiro para realizar os trâmites do processo burocrático. Deixe uma reserva para a escritura do imóvel e demais gastos com cartório.

4. Não se deixe enganar por ofertas tentadoras:

O mercado imobiliário também possui sua época de liquidações e “queimas de estoque”, oferecendo apartamentos por um preço, às vezes, muito abaixo do convencional. Compradores de primeira viagem devem ficar ainda mais atentos para não caírem em tentação.

Alguns imóveis podem parecer um bom negócio à primeira vista, mas possuem problemas, como estarem localizados em andares baixos, muito próximos a áreas de lazer, sendo muito quentes ou barulhentos. Por causa da inflação, os imóveis também vêm perdendo seu valor e, por isso, muitas vezes o desconto pode corresponder ao valor corrigido de acordo com a alta da inflação.

5. Tenha calma e paciência:

Na hora de comprar o seu imóvel, tenha em mente que este processo deve ser lento, tocado com muita calma e paciência. Avalie bem os termos de localização, deslocamento até o local de trabalho, proximidade do comércio. Durante a procura, muitos imóveis podem parecer melhores do que a expectativa mas, no entanto, não cabem no bolso.

O Brasil atravessa um momento de muita instabilidade econômica, sendo um grande momento para tentar fechar bons negócios. Por isso, antes de achar que está pagando barato, faça uma boa pesquisa de mercado! Fuja da inadimplência e escolha o imóvel ideal para a sua renda.

Serviços:




Fonte: Blog da MRV

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Nome e Email ao final da Mensagem, caso deseje alguma informação específica.

Atenciosamente.

Imóvel e Dicas.
www.imoveledicas.com