Você está pronto para vender a sua casa?





Vender uma casa não acontece da noite para o dia. E o processo precisa de planejamento, tal como comprar um imóvel. 







Neste post estão alguns pontos de um potencial vendedor, que está considerando a decisão de colocar sua casa à venda.


1. Se você não está certo, você não está pronto!

Se você não tem uma nova casa para se mudar, ou um plano de vender a sua casa e comprar outra logo de imediato, não é um bom momento para anunciar o seu imóvel. Vendedores sem um plano real e concreto, não são vendedores sérios e sim oportunistas ou especuladores dentro do mercado.

Um vendedor sem um plano provavelmente irá testar o mercado, o que se traduz em um anúncio superfaturado do seu imóvel. Este coloca o imóvel a venda em um preço muito acima do que ele realmente vale, com isso o resultado vai ser pessoas que querem conhecer o imóvel mas também não vão estar realmente interessados no valor. O mercado imobiliário é um mercado inteligente e raramente um comprador experiente, vai pagar por um imóvel fora do valor de mercado.

Faça uma pergunta a si mesmo: “Se eu receber uma oferta e assinar um contrato para me mudar em 45 dias o que eu vou fazer?” Se a resposta for não sei, você já sabe que ainda não está na hora de vender ou você vai ter mais problemas a longo prazo.

2. Uma vez que você anunciou o seu imóvel, o relógio começa a girar

Hoje, com o acesso a tanta informação online, os compradores saberão o que é um bom ou um mal investimento quando se trata imóveis anunciados na internet.

Se você listar sua casa em um preço muito alto ou em más condições, você está correndo um sério risco de ficar estagnado no mercado, sem ofertas e provavelmente sem mostrar o seu imóvel para qualquer potencial comprador.




Essa falta de interesse vai te perseguir! Uma vez que você não quer vender seu imóvel por um preço justo ou na condição correta, você vai começar a culpar a própria economia por um erro que pode ser seu.





O resultado disso acaba se refletindo também no anúncio com fotos antigas, e um anúncio desatualizado demonstrando o quanto você não está preparado para vender seu imóvel. 

Todos os imóveis anunciados a um grande período de tempo, já passam a imagem para um comprador de que há algo errado com aquele imóvel. Essa é a mesma impressão que passa um imóvel, que em sua fachada você encontra dezenas de faixas com inúmeros telefones de empresas diferentes.

Os compradores vão procurar um imóvel que esteja atualizado no mercado, e com um anúncio pertinente a análise de dados de um imóvel com características próximas ao seu.

3. Você pode se planejar para o mercado, não o tempo do mercado

Se você sabe que o seu terceiro filho está a caminho, ou sabe que o seu novo trabalho é muito longe da sua casa atual, você pode começar a ter um planejamento consistente. Isto te permite tirar partido das condições de mercado, em oposição ao timing do mercado.

Sabendo que você vai precisar vender a sua casa nas férias escolares, faça as melhorias necessárias quando você tiver o seu tempo do trabalho. 

4. Transações imobiliárias acontecem durante todo o ano

Tenha um plano de vender seu imóvel pensando em meses. Nunca coloque sua casa a venda sem estar pronto.

Muitas pessoas são emocionalmente ligadas às suas casas, anunciar seu imóvel em um preço tão elevado não vai fazer com que você venda e você pode sabotar a sua própria venda. Se você está lidando com esse processo da dúvida dê um passo para trás e espere. A sua hora certa vai chegar, e você poderá garantir o máximo de retorno sobre seu investimento.

Serviços:




Fonte: Blog Benvenuto

Um comentário:

Brasouza disse...

Excelentes dicas!

Postar um comentário

Deixe seu Nome e Email ao final da Mensagem, caso deseje alguma informação específica.

Atenciosamente.

Imóvel e Dicas.
www.imoveledicas.com