Saiba como obter Crédito para a Reforma.





Poucas pessoas têm conhecimento da existência de linhas de crédito, para financiamento da reforma, por isso ela é tão pouco utilizada ou procurada nas instituições de crédito ou bancos.







São diversas as facilidades que este tipo de crédito oferece, no financiamento para reforma e construção, você consegue taxas de juros muito baixas, neste caso estamos comparando com empréstimos financiados por financeiras comuns obtidos no crédito pessoal.

Mas para conseguir o crédito para reforma é necessário viabilizar um projeto com as especificações da reforma. Toda documentação do imóvel deve estar completamente em dia com todos os órgãos do governo. A princípio sem esses dois itens informados não será viável realizar qualquer tipo de financiamento para reforma ou construção.

O projeto geralmente é a parte mais complicada de todo processo, para ter a liberação do dinheiro do financiamento para reforma ou construção, é preciso especificar desde o que será feito com detalhes no imóvel, inclusive detalhes do orçamento dos materiais e do serviço com valores estimados.

Se você tem toda papelada e está disposto a fazer o financiamento para reformar seu imóvel residencial ou comercial, a boa noticia é que a taxa de juros cobrados para este financiamento, giram em torno de 9% a 17% ao ano, essa variação depende da instituição financeira.

1. Regras de Financiamento para Reforma:
  • Taxas de juros variam de 9% a 17% para o financiamento da reforma ou construção.
  • Financia até 70% do valor avaliado do imóvel no financiamento.
  • As taxas de juros são pré-fixadas ou pós-fixadas (+TR).
  • Seguro Obrigatório - É necessário fazer um para obter o financiamento da reforma.
  • TAC (Taxa de abertura de crédito) e IOF - Tem que pagar na contratação do financiamento.
  • 12 meses - Prazo máximo para o termino da reforma.
  • 20 anos - Período máximo para pagar o financiamento para reforma.

2. Para financiar uma construção, é necessário preencher alguns pré-requisitos. São eles:
  • Possuir um terreno para a construção.
  • Ter um projeto aprovado, com orçamento.
  • Fazer a avaliação do imóvel pronto para saber o valor máximo do financiamento para construção.
  • Alguns bancos oferecem financiamento para construção que engloba também a aquisição do terreno. Isso é importante para quem quer financiar a construção como um todo, ou seja, do terreno até o habite-se, um dos bancos que financiam a construção completa é a Caixa Econômica Federal.

3. Financiamento para Construção - Condições Gerais:
  • Taxas de juros para financiamento da construção variam de 10% a 15%, dependendo do banco e de outras variáveis.
  • As taxas de juros podem ser pré-fixadas ou pós-fixadas (+TR).
  • É necessário contratar um seguro obrigatório para financiar a construção.
  • É necessário pagar a TAC (Taxa de abertura de crédito) para a contratação do financiamento para construção.
  • O prazo máximo para a construção é de 12 meses.
  • O período máximo de contratação do financiamento para construção é de 20 anos.

4. Financiamento de Material para Construção - Bancos:

Vários bancos também estão oferecendo agora o financiamento para material de construção.

material para construção



As taxas são um pouco maiores, mas ainda assim acaba compensando se compararmos com os financiamentos fornecidos pelas lojas de material de construção.





Além das linhas de financiamento próprio de algumas lojas, veja também as linhas de financiamento dos Bancos que em geral são melhores, novamente o destaque é para a Caixa Econômica Federal, o banco oferece as taxas mais baixas de juros através do Construcard.


5. Utilizando o Fgts na reforma do Imóvel, regras:
  • Pode ser contratada por trabalhadores que tenham conta no FGTS e estejam empregados.
  • O financiamento será de até R$ 20 mil, e somente para imóveis com valor de até R$ 500 mil.
  • A taxa de juros será de 12% ao ano, ou seja, metade das praticadas atualmente, segundo a Associação Nacional dos Comerciantes de Material de Construção.
  • O prazo máximo para quitar o empréstimo será de 120 meses.
  • Os recursos são do dinheiro em poder do governo (FGTS), contudo, o trabalhador não poderá utilizar seu saldo no fundo para quitar o empréstimo.
  • O crédito pode ser contratado nos bancos que optarem por oferecer a linha.
  • Não há limite de renda para o pedido do financiamento.

5 Dicas para Reformar o Imóvel,

Reformar Casa


1. Projeto:

Ter em mãos um bom projeto arquitetônico é fundamental para estipular e definir as metas.







É preciso saber exatamente onde a reforma vai começar para que nada saia do controle. O projeto dá uma boa dimensão do que é preciso comprar e qual a real necessidade de cada item. 

2. Planejamento:

Com o projeto definido, é hora de partir para a etapa do planejamento. Se tudo estiver estipulado, fica mais difícil acontecer imprevistos no cronograma e nos gastos. Essa fase requer mais atenção para evitar desperdícios, tanto de dinheiro quanto de tempo. Você precisará pesquisar tudo, desde coisas básicas como cimento até itens de acabamento.

E toda essa demanda precisa estar definida no cronograma. Por exemplo, se a reforma for começar por um quarto, a ideia é saber exatamente quantos pacotes de cimento serão necessários para aquele determinado ambiente. Hoje em dia a maioria das grandes lojas de material de construção está na web, muitas possuem dicas e fazem vendas online, inclusive. 

3. Pagamento:

reformar casa




Depois de pesquisar e comprar os materiais, pague sempre à vista.






Desta forma você pode pechinchar um bom desconto, muitas vezes além dos 5 ou10% oferecidos pela loja. E se você encontrou materiais em promoção, não se iniba! Faça estoque para aproveitar o preço.

4. Profissionais competentes e de Confiança:

Na hora da elaboração do projeto você já deve ter contratado um bom arquiteto, isso porque ele saberá exatamente onde pode haver mudanças, como por exemplo, a demolição de uma parede sem afetar o sistema hidráulico e elétrico. Mas grande parte dos problemas, geralmente, ocorre durante a execução da reforma. 

Por isso, é importante a contratação de mão de obra eficiente e especializada. Converse com amigos que já reformaram, pesquise na internet e peça dicas para descobrir os melhores profissionais da área. Se o orçamento permitir, é bom ter alguém para fiscalizar todas as etapas.

5. Reutilize Materiais:

Converse bastante com seu arquiteto para saber exatamente o que pode ser reaproveitado. Muitas vezes, um taco na sala pode ser colocado em outro ambiente ou ainda as portas e armários podem ser reutilizados.

Você tem bons motivos para Comprar seu Imóvel na Brasil Brokers - Solicite agora um Atendimento.


Fontes de Consulta: Tudo pro teu Imóvel e Caixa Econômica Federal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu Nome e Email ao final da Mensagem, caso deseje alguma informação específica.

Atenciosamente.

Imóvel e Dicas.
www.imoveledicas.com